» » A crise hídrica volta a ser uma realidade em Macau

Macauense - O prefeito eleito Tulio Lemos, nem assumiu ainda mais já trabalha assiduamente para amenizar a falta d'água na cidade, que nesses últimos dias vem sofrendo as consequências de uma crise hídrica que se agrava no RN, Tulio, através da Caern conseguiu diversos carros pipas que já estão sendo distribuídos em diversos bairros da cidade.

Com o calor forte e a escassez de chuvas, nessas condições a tendência é que a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, fique com o nível cada vez mais baixo, prejudicando a distribuição d'água nas principais cidades do vale do Assú. 

Para Macau, a solução seria uma construção de uma adutora dos poços já perfurados em Santa Maria, município de Afonso Bezerra, mas a obra custa em torno de 42 milhões de reais e atualmente o governo do estado não tem condições de bancá-la. Outra solução seria a construção de uma usina de dessalinização da água do mar que teria um custo estimado em torno de 3,5 milhões de reais.

Fonte: Macauense

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br