» » » Coordenador da Juventude da candidatura de Zé Antônio, entra com representação para impedir a inauguração da Central do Cidadão

Macauense - Mais um capítulo de enredo lamentável se desenha nessa reta final de campanha política em Macau. Desta vez, a vítima de uma farsa armada foi o Ministério Público, enganado por meio de uma representação protocolada pelo músico Serginho Lisboa, Coordenador da Juventude da candidatura de Zé Antonio (DEM), na tentativa desesperada de impedir a inauguração da Central do Cidadão, na última terça-feira, (27).
Uma declaração falsa com imagens que não condizem com a realidade dos fatos alegados na peça levaram a autoridade ministerial a recomendar o Governo do Estado a se abster de inaugurar o órgão em Macau. Serginho Lisboa mentiu para o MP, ao afirmar que Tulio visitou o prédio da Central do Cidadão no dia 21 de setembro, anexando fotos da visita que o candidato do PSD fez ao prédio por ocasião da presença do governador Robinson Faria na cidade em maio passado.
Serginho alegou que Tulio “tentou trazer os louros dessa inauguração para a sua pessoa, conforme se atesta com as fotos aqui catalogadas”. Na verdade, as fotos a que o músico se refere na denuncia são de outras visitas de Tulio ao prédio, ainda em reforma, acompanhando técnicos do governo e o próprio governador Robinson Faria.

Prejuízo para a população:

Para Tulio, quem perdeu com essa farsa foi à população de Macau e região que terá que aguardar mais um pouco para usufruir dos serviços da Central do Cidadão. A repartição pública será aberta normalmente na próxima semana já com os serviços do ITEP, DETRAN, dentre outros. “Enganaram o MP e conseguiram adiar uma inauguração importante com uma mentira, mas não vão conseguir evitar que os serviços cheguem a toda a população independente de cor partidária”, concluiu Tulio. 

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br