» » » SINDCONAM-RN - Município de Macau-RN, Banaliza atendimento pré-hospitalar móvel e descumpre legislação

No Município de Macau no Rio Grande do Norte, o serviço de atendimento pré-hospitalar móvel, vem sendo banalizado pela gestão municipal. 
Em maio de 2013 uma ambulância pertencente à Secretaria de Saúde da cidade de Macau capotou na RN-401.


Diante dos graves acidentes envolvendo Ambulâncias no Estado do Rio Grande do Norte, o SINDCONAM-RN, vem solicitando que os municípios qualifiquem os condutores de ambulâncias conforme exigência dos Artigos 145 e 145-A da Lei Federal nº 9.503/97. 

Embora o Ministério Público tenha recomendado a qualificação profissional, dos condutores de ambulâncias ao Município de Macau, onde o Município deve arcar com as despeças, o mesmo vem descumprindo a lei, demonstrando claramente que não se preocupa com a segurança dos profissionais nem dos usuários do serviço.

Outra preocupação relatada pelos condutores de ambulâncias de Macau-RN, é que os veículos, estão com a documentação irregular, e mesmo assim são obrigados a trabalhar, nestas condições, além da manutenção precária oferecida pelo município.

Segundo relatado pelos condutores de ambulâncias de Macau-RN, o Município não paga diária de deslocamento aos condutores de contratados, quando se deslocam a Natal-RN e Mossoró-RN. O valor da diária é R$ 30,00(trinta reais) e serve para o condutor realizar sua refeição quando estiver fora do munícipio de Macau-RN.

“Estamos diante de uma tragédia anunciada, não é possível que o Município de Macau-RN não tenha aprendido a lição, mesmo após uma ambulância  da Secretaria de Saúde ter capotado, e causado uma fratura de fêmur no paciente transportado, sequer foi providenciado a capacitação profissional exigida por lei. Os veículos circulam sem oferecer segurança na via, sucateados e com documentação irregular, o  condutor (contratado)  ainda tem que pagar para trabalhar, pois é obrigado a custear sua própria alimentação quando está em deslocamento para Natal-RN e Mossoró-RN”. Estamos denunciando aos órgãos competentes, para que seja cobrado o cumprimento da lei e legislação especificas para o transporte por ambulâncias, no município de Macau-RN. Afirmou Wanderson Pires Presidente do 

SINDCONAM-RN.

-Comunicação-

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br