» » » Por falta de médicos "Pediatras" Macauenses estão nascendo em Mossoró, Macaíba, Guamaré e Assú

Macauense - Depois que a Maternidade José Varela fechou suas portas no ano passado (2015), a situação das gestantes da cidade e até mesmo de outras cidades vizinhas que vinham dar a luz em Macau, ficou mais difícil pela ausência do serviço e a incerteza de que o mesmo que é de obrigação do município em prestá-lo com eficiência e qualidade para as parturientes.

Há mais de seis meses não nasce um cidadão Macauense na sede do município isso por um motivo preocupante para  sociedade que além do fechamento de um marco histórico em Macau, que é a "Maternidade José Varela" a Prefeitura não disponibiliza de médicos pediatras para fazer um serviço que é de extrema importância para cidade manter a legitimidade natural de seus cidadãos, para quando crescerem dizerem com orgulho "EU SOU MACAUENSE"

Essa semana tivemos o exemplo do descaso que foi do pequeno "DAVID" que segundo informação passadas nas redes sociais pelos próprios familiares, sua mãe já em trabalho de parto chegou no Hospital Antônio Ferraz e não recebeu atendimento, em seguida, foi encaminhada com urgência para a cidade de Assú, que também não encontrando vaga seguiu sua peregrinação com destino a cidade de Mossoró, onde recebeu todo atendimento necessário para que a criança nascesse, que é absolutamente isenta de qualquer responsabilidade e culpa da cidade não possui eficácia nos serviços básicos de saúde que são obrigatórios por lei.

Macauense 

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br