» » Filarmônica Monsenhor Honório há dois meses sem receber salários, na eminência da extinção.


Macauense - Isso mesmo, a Banda filarmônica Monsenhor Honório que é uma escola de musica que já formou os maiores músicos de Macau, passa hoje por momentos de incertezas, e sem perspectivas de dias melhores. O atual prefeito Interino há dois meses não paga aos músicos da Banda, são os meses de (Março e Abril) e isso tem gerado um enorme constrangimento e prejuízo para a categoria que, diga-se de passagem, é uma atividade que tem salvado nossos jovens de caminhos tortuosos de vícios e coisas ilícitas.

Nem na época da corrupção ativa que se instalaram nos governo anteriores a escola de músicos passou por tantas dificuldades e desvalorização como passa nos dias de hoje. A incerteza gerada no atual governo Interino deixam os músicos preocupados com o futuro de cada um dos integrantes da Banda. 

ORGULHO MACAUENSE "FILARMÔNICA MONSENHOR HONÓRIO

A Filarmônica Monsenhor Honório é um patrimônio da cidade e já formou músicos que já tocaram com muitos artistas de nome nacionalmente conhecidos. Hoje vive um dilema de salários atrasados, com uma ameaça de desligamento dos músicos da Banda do quadro de funcionários da Prefeitura.

Informados que o atual prefeito Interino já bateu o martelo e vai acabar com a profissionalização da Banda de Musica Filarmônica Monsenhor Honório. Com medo de retaliações, os músicos orientados pelo mestre da Banda, evitam que os integrantes se manifestem nas redes sociais para cobrarem os seus direitos.

Fonte: Macauense      
Fotos: Arafran   

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br