» » MATERNIDADE JOSÉ VARELA FECHADA POR INCOMPETÊNCIA POLÍTICA




Macauense – A cidade perde covardemente o seu ponto de referência em nascimento de crianças, o reflexo disto, é a mais pura e sincera falta de administração que Macau tem enfrentado nestes últimos 24 anos, com sucessivas administrações alheias no que se diz respeito em transparência com o dinheiro público.  
Quantas crianças já nasceram na Maternidade José Varela e que hoje ainda mais poderiam a vir nascer, se não fosse o ato covarde, insano e corrupto das últimas administrações municipal de Macau.
O passado e o presente que se confundem com um futuro duvidoso de uma cidade que perde o seu porto seguro, onde nasceu Macauenses ilustres, da essência mais pura como filho de Macau, o chamado puro sangue legítimo, filho desta  terra salineira.
A cidade vem perdendo a sua história, covardemente sendo destruída por pessoas Irresponsáveis e insanas que não tem identidade nenhuma com Macau, onde construíram verdadeiras fortunas em detrimento as necessidades do povo.
O repasse do dinheiro que sustentava os serviços que a Maternidade José Varela prestava a cidade e região salineira, até eram feitos nos anos anteriores, mais a parti de 2015 a prefeitura deixou de fazer os repasses, que calculado hoje, ficariam em torno de 50 mil reais para sobrevivência dos serviços, mais sempre a prefeitura costumava atrasar estes repasses.
A Maternidade José Varela foi administrada vários anos pelo médico José Antônio de Menezes que é oposição ao atual governo. Agora só resta o Hospital Antônio Ferraz para suprir as necessidades das gestantes que venham a precisar do atendimento, já que a mesma está fechada.

Uma entendidade sem fins lucrativos conhecidos como APAMI, é a atual administradora da Maternidade José Varela, que se diga de passagens já deveria ter sido municipalizada para solucionar de vez com essa carência  financeira da instituição.

A municipalização é a única solução para resolver um problema que já se arrasta por longos anos, e que Macau com o potencial financeiro que tem em recursos  econômicos, onde conta com uma arrecadação milionária, não pode aceitar que o povo seja penalizado por desafetos, ou por mais uma falta de incompetência política.

Até quando perpetuaremos com essas incertezas, com governantes de uma cidade que destrói a sua própria história, apagando também de maneira covarde e irresponsável o seu futuro da memória. Até quando Macauenses.

Fonte: Macauense   

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br