» » » Wilma de Faria se diz de “braços abertos” para receber PMDB e PT para 2014

A ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, afirmou na manhã desta terça-feira que o PSB potiguar continuará dialogando com os partidos da base da presidente Dilma Rousseff no Rio Grande do Norte, especialmente PMDB e PT, principais legendas de sustentação política ao governo federal – partidos que, no Estado, fazem oposição ao Governo Rosalba Ciarlini. “Observamos que o posicionamento do PSB de dar liberdade aos diretórios estaduais permanece. Esperamos continuar o diálogo com todos que já vínhamos conversando. Estamos de braços abertos para os partidos que fazem oposição ao Governo democrata”, declarou a pessebista, pelo Twitter.
Sobre as alianças partidárias para 2014, Wilma de Faria disse que não há nada definido. Ela aguarda posicionamentos nacionais e discutirá ainda com a executiva estadual do PSB. A ideia da ex-governadora é manter o diálogo com quem já vinha conversando – partidos de oposição ao governo democrata e que, coincidentemente estão na base do governo Dilma. Wilma observa que o PSB não adota verticalização e deixa os estados livres para fazer suas composições. Resta saber se esse será o posicionamento a ser adotado pelos partidos que Wilma vinha conversando. Neste sentido, ela aguarda os posicionamentos das legendas, sobretudo PT e PMDB.
Pelo Twitter, Wilma saudou a chegada da ex-ministra Marina Silva ao PSB, o que na sua avaliação reforça uma ligação já existente entre as legendas. “Assim como justificou Marina Silva no sábado, reforçamos nossa identidade programática com a Rede Sustentabilidade no campo das ideias. Essa união fortalece elo já existente”. Wilma disse esperar continuar trabalhando para avançar na democracia plena que deseja para diminuir desigualdades. “Há 10 anos partidos do campo popular e progressista desenvolvem relação de respeito e construção de um grande projeto para desenvolver o Brasil. Destacamos que desde sábado estamos recebendo integrantes da Rede Sustentabilidade no RN no nosso PSB e continuaremos este processo de união”, ressaltou a pessebista.
O PSB recebeu no último sábado a filiação da ex-senadora e ex-ministra Marina Silva, responsável pela criação da Rede Sustentabilidade, que não conseguiu se constituir em partido apto para concorrer nas eleições do ano que vem. Na última quinta, o Tribunal Superior Eleitoral negou registro à Rede. No sábado, após articulações entre o presidente do PSB, Eduardo Campos, e a própria Marina, a ex-senadora anunciou filiação ao PSB, num processo em que o PSB receberá as filiações dos integrantes da Rede.
Ressaltando as palavras do presidente Eduardo Campos, em que o governador diz que PSB e Rede estão abertos ao diálogo com outras lideranças políticas, Wilma de Faria, ainda no Twitter, parabenizou o presidente nacional do PSB pela “pela vinda de Marina Silva para o PSB nacional, potencializando nosso partido”, afirmou. Em resposta, Eduardo Campos agradeceu a Wilma, também pelo Twitter, e concluiu: “Agora é hora de debater nossos programas para melhorar o Brasil. Todos estão convidados”.
 
Eduardo Campos participa de encontro do PSB
O presidente nacional do PSB, governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos, participará na próxima sexta-feira, em Mossoró, de encontro estadual do partido. O 2º Encontro Estadual do PSB será às 9h, na Câmara Municipal de Mossoró, e terá como tema “Gestão de Resultados com Transparência”. Campos fará palestra, assim como o líder do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque. Confirmaram presenças a deputada federal Sandra Rosado, além dos deputados estaduais Márcia Maia, Larissa Rosado e Tomba Farias.
O evento também reunirá lideranças do PSB e de outros partidos no Rio Grande do Norte, representantes de clubes de serviços, entidades de classe, produtores rurais, empresários e outros segmentos da sociedade. Os participantes debaterão políticas públicas, com base em experiências administrativas de sucesso do PSB.
“O PSB quer ser o caminho para a gente continuar levando esse País para dias melhores. Com respeito e compromisso é possível fazer mais, fazer diferente e fazer bem feito, o país seguindo mudando e melhorando, porém, sem perder o que já conquistou nos últimos anos”, afirma o governador Eduardo Campos.
O seminário será dividido em dois módulos. O primeiro será dedicado a curso de formação política da Juventude Socialista Brasileira (JSB) de Mossoró. E o segundo, destinado às palestras e debates sobre gestão pública, já com presença de Eduardo Campos, Beto Albuquerque e outras lideranças.
O presidente do PSB de Mossoró, vereador Lahyre Rosado Neto, informa que o evento é aberto ao público e tratará de oportunidades para a população carente. “O que as pessoas mais querem do governo, especialmente no interior do país, são oportunidades. E essa é a meta do nosso partido”, assevera.
 


 








As Melhores Ofertas aqui

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br