» » » MPE acusa: Rosalba usou a máquina do Governo para eleger Cláudia Regina


O secretário-chefe do gabinete civil da prefeitura de Mossoró, Gustavo Rosado, e o secretário municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, Alexandre Lopes, não foram os únicos ocupantes de cargos públicos a serem denunciados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) por utilização da “máquina” como forma de favorecer a candidatura de Cláudia Regina, do DEM, que venceu as eleições em Mossoró. Nesta semana, a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, também foi denunciada pelo órgão. Como Rosalba teria favorecido Cláudia Regina? Nomeando para um cargo público no Governo do Estado a filha daquele que poderia dificultar a consolidação da candidatura da democrata na Capital do Oeste: o vereador Chico da Prefeitura. Desta forma, a gestora estadual teria garantido o apoio do vereador para sua candidata. Para explicar a necessidade da nomeação, é preciso voltar no tempo. Em maio, mais precisamente, quando o DEM se encontrava em dúvida sobre que pré-candidata lançar para a disputa com Larissa Rosado, do PSB. Ruth Ciarlini, irmã da governadora, parecia já estar fora, devido ao impedimento legal provocado pelo parentesco. Restavam então Chico da Prefeitura e Cláudia Regina, ambos vereadores populares em Mossoró. Chico passou mal, infartou e o DEM anunciou Cláudia Regina como o nome oficial do sistema governista para a disputa. Contudo, Chico da Prefeitura ficou internado no hospital Wilson Rosado e, de lá, familiares utilizaram o twitter oficial do vereador para anunciar: “Familiares de Chico ficaram surpreso com a escolha do nome da vereadora Cláudia Regina (DEM) como a candidata do governismo para concorrer às eleições 2012, sem ao menos convidarem um representante da família do vereador para confirmar o apoio”. Acrescentaram: “Lamentamos! O povo ao menos confiava que o nome de Chico seria lembrado, já que o mesmo por enquanto não teve como viabilizar seu nome até à escolha”. Por último, escreveram: “A tendência é que os seguidores de Chico passem a apoiar a decisão da sua filha Rafaela Nogueira, que vale salientar, é filiada ao PTB, partido que apoia a candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB)”. De maio para julho, quando começou o período eleitoral, muitos ainda desconfiavam que o DEM fosse permanecer unido para a disputa municipal, dada a insatisfação de Chico da Prefeitura. Em entrevista a O Jornal de Hoje naquele período, o vereador Genivan Vale, do PR, inclusive, chegou a dizer que não sabia se o DEM teria condição de realmente fazer Cláudia Regina um nome forte, devido a situação de divisão que o partido enfrentava. Porém, o apoio veio, assim como a nomeação da filha do vereador para ser a coordenadora financeira do Detran, substituindo Willy Saldanha, que estava há meses ocupando interinamente a posição de diretor-geral do órgão. É importante lembrar, também, que o PTB, a qual era filiada Rafaela, teve outros problemas com o Governo do Estado, como por exemplo, a expulsão do deputado estadual Ezequiel Ferreira da presidência do partido no RN. Expulsão esta assinalada pelo então secretário de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, que ocupou interinamente a presidência nacional em agosto. Além disso, o PTB em Mossoró anunciou apoio a Larissa Rosado, principal adversária de Cláudia Regina na cidade e, naquele momento, líder absoluta das intenções de voto dos eleitores na capital do Oeste. Por isso, ficou claro para o Ministério Público ao assinar a denúncia contra a governadora. “As circunstâncias de tempo (três meses antes do pleito) e modo (nomeação em troca de apoio eleitoral) não só estão sobejamente provadas através do Diário Oficial do Estado e das notícias anexadas, como encaixam-se plenamente na moldura de corriqueiras utilizações da máquina administrativa em favor de determinados candidatos no afã da alcançar a manutenção do poder de determinados grupos”, escreveram as promotoras Ana Ximenes e Karine Crispim, autoras da denúncia – as mesmas, inclusive, que pediram a Justiça Eleitoral a cassação de Cláudia Regina e a realização de novas eleições pelo favorecimento da máquina pública municipal para a candidata democrata durante a disputa. Claro que essa não foi a única constatação “forte” que as duas promotoras fizeram na representação contra Cláudia Regina, seu vice, Wellington Filho, do PMDB, e Rosalba Ciarlini. “O ato de nomeação não considerou qualquer aspecto técnico para o exercício do cargo de Coordenador Financeiro, sobretudo pelo fato de que a nomeada não possui formação em contabilidade nem em economia ou administração, mas sim em Direito. A atitude tomada pela Governadora visou remediar a insatisfação de Chico da Prefeitura com a cúpula do Poder Executivo estadual, que seguidamente inviabilizava o desejo do vereador em se lançar candidato a Prefeito nas eleições municipais ou, após ser acometido por doença grave, de lançar essa mesma filha como candidata a Prefeita de Mossoró. Assim sendo, restou verificado o desvio de finalidade do ato administrativo da Governadora, que se valeu do seu poder político para beneficiar a candidatura dos representados, mediante nomeação com o afã de conferir apoio eleitoral”. Segundo o MPE, também, aproveitando-se de posição privilegiada, a governadora, pressionada pela indecisão político-eleitoral do vereador Chico da Prefeitura, optou pela nomeação com o exclusivo intuito de conquistar o apoio, “leia-se votos”, beneficiando, consequentemente, a candidata Cláudia Regina. “O aludido ato administrativo, por seu caráter politicamente abusivo, provocou um irreversível desequilíbrio no pleito eleitoral. Tratou-se de uma prática de uso da ‘máquina administrativa’ em prol dos candidatos representados que têm a simpatia do administrador, no caso, o Poder Executivo Estadual”.
 


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

As Melhores Ofertas aqui

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br