» » » Carlos está com 19,6 pontos de vantagem sobre Hermano

A pesquisa Certus/TRIBUNA DO NORTE mostra que o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) está com 51,06% das intenções de voto na corrida pela Prefeitura do Natal neste segundo turno. O deputado Hermano Morais (PMDB) tem 31,38%. Enquanto isto, 10,83% dos entrevistados responderam "nenhum", 5,85% "não sabe", e 0,87% preferiram não dar qualquer resposta.
Esses números mostram que a vantagem de Carlos Eduardo sobre Hermano Morais está em 19,6 pontos percentuais.
O levantamento tem margem de erro de três pontos para mais ou para menos e os questionários foram aplicados nos dias 18 e 19 deste mês.
Na distribuição do eleitorado por faixa etária, o ex-prefeito Carlos Eduardo tem o maior percentual entre os que estão com 60 anos ou mais. Neste segmento, ele atinge 60,28%. O menor índice do candidato do PDT é entre os que estão na faixa de 25 a 34 anos (44,07%).
O deputado Hermano Morais tem o melhor percentual, nesta segmentação por idade, entre os jovens de 25 a 34 anos. É nesta faixa etária dos eleitores que ele vai a 35,03%. Entre os pesquisados na sondadagem da Certus, o candidato do PMDB fica com 28,37% entre os que informaram ter mais de 60 anos.

A estratificação dessa pesquisa de intenção de votos por grau de instrução aponta o melhor desempenho de Carlos Eduardo entre os eleitores que não sabem ler nem escrever, segmento no qual ele vai a 62,50% e o pior entre os que têm 3º grau completo ou incompleto (34,83%).
Hermano Morais, candidato pelo PMDB
Carlos Eduardo, candidato pelo PDT
Hermano Morais vai a 38,2% entre os universitários e os que já concluíram alguma curso de terceiro grau. No segmento dos que têm primeiro grau, está com 27,8%.

Enquanto Carlos Eduardo tem 51,57% entre os homens, entre as mulheres está com 50,66%. Na distribuição dos votos segmentados por gênero, Hermano Morais vai a 34,76% na faixa dos eleitores masculinos e entre os femininos, com 28,76%.

Rejeição

A sondagem da Certus / TRIBUNA DO NORTE também abordou os   entrevistados sobre a rejeição dos candidatos (aqueles nos quais os eleitores afirmam que não votam em hipótese alguma). A rejeição de Hermano Morais está em 31,63% e a de Carlos Eduardo, em 23,54%.

Entre os eleitores que foram entrevistados, 36,61% afirmam que "não rejeitam nenhum" e 7,22% rejeitam os dois candidatos.

A maior rejeição de Hermano Morais está entre os que não sabem ler nem escrever (41,67%) e a de Carlos Eduardo entre os que têm de 25 a 34 anos (28,81%).

Expectativa de vitória

Questionados sobre quem acreditam que vai ganhar, independente da escolha que fizeram para o voto (item denominado "expectativa de vitória" pelos institutos de pesquisa), a maioria dos entrevistados pelo instituto Certus apontou Carlos Eduardo (74,10%), enquanto 12,08% responderam Hermano Morais.

A expectativa de vitória favorável ao candidato do PDT é maior entre as mulheres (76,7%) do que entre os homens (70,66%).

Para o candidato do PMDB, há uma expectativa de vitória maior entre os eleitores masculinos (15,95%) do que entre as mulheres (9,07%).

Maioria diz avaliar a história e as propostas dos candidatos

A pesquisa Certus/TRIBUNA DO NORTE revelou que 92,79% dos entrevistados não pretendem mudar voto e 7,21% reconhecem a possibilidade de alteração. Entre os que não pretendem modificar o voto, o maior percentual está na zona Norte (94,18%). Dos que admitem a mudança, o maior número (9,38%) está na zona Oeste.

A pesquisa questionou ainda sobre como o eleitor escolherá o candidato em quem votará no segundo turno, em Natal. Neste item, 34% dos entrevistados disseram que optarão por um dos concorrentes pela "história política/pessoal"; 31,3% por conta das propostas apresentadas; e 13,5% por outros motivos que não quiseram explicitar. Chama atenção o fato de os apoios políticos recebidos para a segunda fase do pleito pesarem para apenas 4,48% das pessoas ouvidas. O partido o qual é filiado o candidato influencia 6,72% dos entrevistados, enquanto que a "indicação de amigos" é preponderante para 4,73%. 4,48% não souberam responder e 0,62% não quiseram opinar.

Ao serem indagados sobre as propostas dos candidatos Carlos Eduardo Alves e Hermano Morais, a maioria dos entrevistados destacou - apesar da veiculação diária da propaganda eleitoral do rádio e TV - que não está familiarizada integralmente com os projetos de ambos.

Mais da metade, ou 51,31% dos entrevistados, responderam que conhecem apenas em parte as propostas do pedetista e do peemedebista; 32,75% disseram que conhecem bem; 14,94% afirmaram desconhecer os projetos; e 1% não quiseram opinar. Entre os que disseram conhecer bem as propostas, o maior percentual (37,59%) está na faixa etária acima de 60 anos. Entre os que conhecem em parte 57,06% têm entre 25 e 34 anos; e os que não conhecem têm idade acima de 60 anos.

Os eleitores ouvidos foram questionados ainda sobre o conhecimento das propostas específicas dos candidatos Hermano Morais e Carlos Eduardo. Entre eles, 34,63% afirmaram que conhecem bem as iniciativas do pedetista; enquanto que 51,95% conhecem em parte; e 13,41% não conhecem. No caso do peemedebista, 31,75% estão familiarizados totalmente com os projetos do candidato; enquanto que 53,97% conhecem em parte; e 13,10% não conhecem.

Registro

A pesquisa Certus/TRIBUNA DO NORTE - registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 00239/2012 - ouviu 803 pessoas em todas as Zonas de Natal, entre os dias 18 e 19 deste mês. Os eleitores entrevistados têm a partir de 16 anos, residentes nos bairros da cidade. A amostra foi colhida em áreas aleatórias estratificadas por sexo, idade, grau de instrução, renda e zona. De acordo com a metodologia apresentada no TRE/RN, a margem de erro é de 3% e o intervalo de confiança de 95%. Os itens investigados foram a intenção de voto estimulada para prefeito e a rejeição estimulada dos candidatos que disputam o pleito em Natal.
 
 



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.




Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

As Melhores Ofertas aqui

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br