PUBLICIDADE

TRE-RN tem 82 processos sobre infidelidade partidária para serem julgados

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte tem 82 processos pendentes de julgamento referente à infidelidade partidária. Os processos vão desde partidos que pedem mandatos de volta, pessoas físicas requerendo mandato de políticos e políticos que pedem declaração de justa causa. Natal, o maior colégio eleitoral do Estado, tem dois processos pendentes.Na sessão desta terça-feira (08), o presidente do TRE-RN, Desembargador Cláudio Santos, voltou a destacar a importância da atuação da corte e juizes eleitorais no ano de 2008, que será marcado pelas eleições municipais em outubro.Cláudio Santos ressaltou que os membros da corte devem agilizar todos os processos referentes à fidelidade partidária, para que seja cumprido o prazo de sessenta dias para julgamento estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral. “A justiça eleitoral do Rio Grande do Norte sempre primou pela celeridade e vamos atingir a meta de julgar todos os processos dentro do prazo.”, salientou.Os processos estão distribuídos pelos membros da corte: Desembargador Expedito Ferreira (dezesseis); Juiz Jarbas Bezerra (nove); Juíza Soledade Fernandes (dezessete), Juiz Fernando Pimenta (dezessete); Juiz Josoniel Fonseca (quinze), Juiz Magnus Delgado (sete) e juiz Artur Cortez com (um).
TRE-RN tem 82 processos sobre infidelidade partidária para serem julgados TRE-RN tem 82 processos sobre infidelidade partidária para serem julgados Reviewed by Portal Macauense on 1/09/2008 10:03:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Macauense.com.br

PUBLICIDADE