» » » Governadora faz balanço e anuncia metas do Governo para 2008

A governadora Wilma de Faria reuniu a imprensa nesta segunda-feira (17) no restaurante Abade, em Natal, para o tradicional almoço de final de ano. Ela aproveitou o encontro com os jornalistas para prestar contas das ações realizadas pelo atual governo e anunciar os desafios para os próximos anos. “O Estado está equilibrado, investindo e melhorando seus indicadores sociais e econômicos”, disse a governadora em rápido pronunciamento.Acompanhada do vice-governador, Iberê Ferreira de Souza, do secretário chefe do Gabinete Civil, Wober Júnior, do secretário de Comunicação Social do Governo, Rubens Lemos Filho, e do diretor do Departamento Estadual de Imprensa, Genildo Pereira, a governadora falou sobre algumas das obras consideradas prioritárias para o desenvolvimento do Estado nos próximos anos. Entre elas, a conclusão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante. “O aeroporto Augusto Severo já não comporta a demanda. Precisamos urgentemente de um novo aeroporto e, com o apoio essencial do presidente Lula, que o colocou o aeroporto de São Gonçalo no PAC, acredito que vamos viabilizá-lo até 2010”, destacou Wilma de Faria.A governadora também anunciou a ampliação do porto de Natal, que “durante muitos anos não recebeu os investimentos que deveria ter recebido”. Ela informou que tem conversado com o governo federal, que já sinalizou com a ampliação do parque de contêineres, a construção do terminal de passageiros e o desassoreamento do rio Potengi, que vai custar R$ 35 milhões e permitir o aumento do calado do porto para 13 metros. “Temos um projeto de implantação de outro porto fora de Natal, um terminal graneleiro que pode ser construído em Porto do Mangue”, informou.Wilma de Faria anunciou ainda que dará continuidade a todos os programas atualmente executados pelo atual governo, como o Cheque Reforma, que distribui recursos para que famílias carentes que vivem em moradias precárias possam reformar seus imóveis, o programa de Saneamento, que está destinando mais de R$ 400 mil para multiplicar a rede de tratamento de esgotos do Estado, a construção de novos Centros de Tecnologia, a exemplo dos já inaugurados Centros de Tecnologia da Apicultura e da Aqüicultura, a construção de estradas e o programa de interiorização do Turismo.BALANÇO –
A governadora lembrou que, embora o Rio Grande do Norte seja um Estado territorialmente pequeno, tem avançado em praticamente todos os indicadores sociais e econômicos. “Somos destaque no Nordeste em diversas áreas, um dos estados brasileiros que mais crescem e estamos conseguindo isso de forma sustentável. Mas vamos continuar trabalhando para melhorar ainda mais nos próximos anos”, comentou Wilma de Faria.

Macauense

Macauense.com.br
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta

Macauense.com.br